segunda-feira, 2 de março de 2009

Especial Post! 1001 Discos para Ouvir Antes de Morrer!

Como cantei a bola....seguem:

Disco 999: M.I.A - Kala (2007)
Selo: XL
Nacionalidade: Sri Lanka

Entre ídolos da música pop e guitarras indie, uma individualista pinta a cidade da música de vermelho.
Com Arular, de 2005, Maya Arulpragasam teve a estréia fonográfica mais promissora desde o lançamento do primeiro álbum de Madonna. (será? meio exagerado esse comentário de BM) O hip-hop efervescente enriquecido pela batida electro encantou os fãs e astros como Trent Reznor e Timbaland.

Elementos de "Roadrunner", de Jonathan Richman, de "Where is My Mind", dos "Pixies", de "Straight to Hell", do "The Clash", se misturam aos filmes de Tamil e Hollywood em um inebriante coquetel.

Como aconteceu com Arular, as vendas mal se equipararam ao entusiasmo da crítica (mesmo o velho e conservador Rolling Stone considerou Kala o melhor lançamento de 2007) M.I.A voltou a fazer um álbum atordoante, que não se parece com nada no mundo.

créditos: gyeeker.blogspot

Disco 1000 - Justice - Cross (2007)
Selo: Ed Banger Records
Nacionalidade: França

"Enfie aquele capacete de robô até cobrir suas orelhas, Thomas Bangalter. Se Deus é um Dj, então ele se manifesta mais através do Daft Punk. Hoje são os francesinhos-prodígio do Justice que disseminam sua doutrina disco.

"Rave-volucionário" não chegam a ser, mas Gaspard Augé e Xavier de Rosnay - apenas escolares em 1997, época do lançamento de Homework, dos Daft Punk, de quem obviamente descendem..."


Bônus Download:

créditos: trrrashbag.blogspot

Nenhum comentário: